Promoção: Pré-Estréia Doce Vingança

Voce é de São Paulo capital? Quer ir na pré estréia de Doce Vingança amanha?

Faça uma frase dizendo “qual a melhor forma de se vingar?”, coloque nos comentários deste post e aguarde!

Promoção encerrada as 11:20, de hoje (1 de março). Estarei encaminhando email para os vencedores.


Framboesa de Ouro 2011

Framboesa de Ouro 2011 – Vencedores

Hoje (dom 27) é dia de Oscar, então ontem foi dia de Framboesa de Ouro, a “premiação” elege os piores do mundo no cinema. Veja quem levou.

Pior Filme:

O Último Mestre do Ar

Concorrendo com Sexy in the City 2, Eclipse, Os Vampiros que se Mordam e Caçador de Recompensas, acredito que seja injustiça a premiação deste filme, principalmente pelos seus concorrentes.

Pior Diretor:

M. Night Shyamalan (O Último Mestre do Ar)

O diretor de filmes como Sexto Sentido, A Vila ganha pela segunda vez o Framboesa de Ouro, ele “venceu” com A Dama na Água em 2007 (também pior filme).

Pior Ator:

Ashton Kutcher (Idas e Vindas do Amor e Par Perfeito)

O ator fez muito sucesso participando da série That 70 Show, mas após isso fez apenas o Efeito Borboleta, de resto apenas comédias romanticas sem muita expressão. O ator tem a sua carreira “coroada” por este prêmio de maneira bastante justa, pelo conjunto de sua obra e por estes dois filmes.

Pior Atriz:

Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Kristin Davis e Cynthia Nixon (Sex and the City 2)

O quarteto de Sex and the City 2 leva merecidamente a framboesa para casa.

Pior Ator Coadjuvante:

Jackson Rathbone (O Último Mestre do Ar e Eclipse)

Jackson Rathbone não tem uma filmografia que mereça respeito, leva com “louvor” o prêmio.

Pior Atriz Coadjuvante:

Jessica Alba (The Killer Insid Me, Machete, Idas e Vindas do Amor e Entrando Numa Fria Maior Ainda com a Família )

A estrela Jessica Alba levou o prêmio de pior coadjuvante mesmo com a concorrencia de Cher (Burlesque)
Liza Minnelli (Sex and the City 2).


Pior Roteiro:

O Último Mestre do Ar
Mais um prêmio injusto ao filme, principalmente pelos seus concorrentes.

PIOR CASAL EM CENA/ PIOR ELENCO:

Elenco de Sex and the City 2

Premiação justa.

PIOR USO DE 3D

O Último Mestre do Ar
O prêmio mais injusto, afinal o 3D de Fúria de Titãs foi criticado pela maioria da imprenssa especializada.

PIOR SEQUÊNCIA, REMAKE, PREQUEL OU DERIVADO

Sex and the City 2

Premiação justa a sequência de Sex and the City.

 

 

 

 

 

__

O grande perdedor foi mesmo O Último Mestre do Ar, “ganhando” as principais categorias, mas Sexy and the City 2 seguiu de perto. Acredito que o filme de  Shyamalan foi injustiçado pois em todas as categorias haviam concorrentes mais “fortes”, o diretor que foi tido como grande promessa do cinema tem que se cuidar, pois a tempos não faz um filme de sucesso de crítica e bilheteria.

Estréias: Incêndios

lancamentos Incêndios

Fim de semana de estréia de mais um concorrente ao Oscar 2011 e mais…

Bruna Surfistinha (2011), filme nacional sobre a prostituta de mesmo nome.

Justin Bieber: Never Say Never 3D (2011), documentário sobre o jovem cantor Justin Bieber.

Desconhecido (2011), açao com Liam Neelson, clique no link e veja o trailer e sinopse.

Poesia (2010), drama sul coreano vencedor de melhor roteiro no festival de Cannes 2010 estréia apenas no circuito alternativo de Sao Paulo.

Mulatas! Um Tufão nos Quadris (2010), documentário nacional sobre as passistas do carnaval (sic!) estréia no Rio de Janeiro (nada mais justo).

Fora da Lei (2010), o filme que fez sua estréia nacional no primeiro fim de semana de 2010, é lançado na capital mineira. Clique no link e veja o trailer e sinopse.

Machete (2010), filme lançado em dezembro faz a sua estréia em Brasília e Vitória. Clique no link e veja o trailer.

Inverno da Alma (2010), concorrente ao Oscar de Melhor filme 2011 faz sua estréia nos cinemas de Salvador. Clique no link e veja o trailer.

O Mágico (2010), concorrente ao Oscar de Melhor animaçao 2011 foi lançado em dezembro e agora faz estréia nos cinemas de Salvador. Clique no link e veja o trailer.

O destaque é o canadense, concorrente a melhor filme estrangeiro, Incêndios (2010), drama sobre um casal de irmaos que estao a procura de seu pai.



 

Especial: Doce Vingança

Mais um trailer e poster do terror que estréia 04 de março.

Especial: Doce Vingança

Uma jovem escritora se muda para uma uma pequena cidade, onde chama a atenção de alguns moradores que resolvem assusta-la, porém o susto acaba em tortura e violência, a garota consegue fugir e retorna em busca de vingança.

Remake do filme de mesmo nome de 1979.

Previsão de estréia 04 de março.

Quer assistir a pré estréia? Clique aqui e concorra.



Cinefilando Críticas: O Vencedor

O Vencedor

(The Fighter)

Ano: 2010

Gênero: drama

Mídia: cinema

A primeira cena de O Vencedor revela o por que do favoritismo de Christian Bale ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, é chocante ver o ator como um esqueleto vivo nas imagens iniciais, mais do que isso Bale choca pela sua atuação realista como um viciado em drogas.

História de um boxeador, Micky Ward (Mark Wahlberg) que não tem sucesso em sua carreira, seu irmão Dicky Ecklund (Christian Bale) um ex lutador viciado em crack que o treina, junto com sua mãe (Melissa Leo)o agência.

O grande mérito da obra do diretor David O. Russell é mostrar uma realidade comum, porém ignorada, o egoísmo e o quanto este egoísmo pode prejudicar, até mesmo, as pessoas que gostamos e que fazem parte de nossas vidas. Claramente a mãe de Micky só tem olhos para o seu filho problemático, e explora Micky para obter lucro, tanto que coloca a vida dele em perigo e não sente a menor culpa. Egoísmo também é uma constante na vida de Dicky, não se importa com o futuro de seu irmão, pensa apenas em um dia voltar a lutar e mais do que isso pensa apenas no seu vício.

Além de ser explorado pelas pessoas que deveriam o ajudar Micky ainda possui um pai dominado pelas esposa, irmãs sangue sugas e uma namorada entrometida, sem se esquecer de seu subemprego, pois não consegue se sustentar apenas lutando. Mesmo com tudo o protagonista busca a superação e finalmente conseguir se tornar um vencedor.

O drama familiar é o ponto forte do filme, já as lutas não se pode falar o mesmo, os atores não convencem, e a direção também falha por deixar as lutas francas e abertas, algo inexistente no boxe moderno. Ponto positivo para a fotografia que nos transporta para uma transmissão realista de tv.

A atuação de Bale ganha um mérito ainda maior ao final do filme, pois é mostrado Dicky Ecklund “real”, os trejeitos, modo de olhar e falar são extremamente iguais ao de Bale durante o filme! Perfeito!

 

Nota: 7,9

Lançamentos: I Saw the Devil

lancamentos I Saw the Devil

Os filmes sul coreanos não fazem muito sucesso no nosso país, porém a cada dia ganham mais espaço  nos cinemas do mundo. Neste terror oriental é contado a história de um investigador que procura deter um serial killer. O que aguardar? Muita tensão e violência.

Sem previsão de lançamento no nosso país.

Veja o teaser trailer: