Cinefilando Crítica: Cisne Negro

Cisne Negro

(Black Swan)

Ano: 2010

Gênero: suspense/drama

Mídia: cinema

Como definir o gênero de Cisne Negro? Talvez como uma mistura entre drama, suspense, fantasia, mas vai muito além disso tudo…

O diretor Darren Aronofsky possui em sua curta filmografia dois dos melhores filmes já realizados Requiem para um Sonho (2000) e O Lutador (2008), incrivelmente consegue somar mais um filme sensacional: Cisne Negro.

Contando a história de uma bailarina (Nina – Natalie Portman) que depois de muito trabalho árduo consegue se tornar a estrela principal da companhia novaiorquina de balé, sua primeira peça será O Lago dos Cisnes, porém após se tornar a protagonista se vê perseguida por uma jovem bailarina (Lily – Mila Kunis). Basicamente esta é a história, mas o roteiro vai muito além, Nina vive apenas para a dança e a dança a consome, além do que, se vê cobrada pela figura de sua mãe (Erica – Barbara Hershey) que abandonou a dança devido a gravidez.

Um dos grandes destaques do filme é a sua fotografia, que se altera conforme o desenvolvimento do filme e busca ângulos incomuns (no cinema americano) em certos momentos a câmera torna o espectador uma sombra de Nina a seguindo e fazendo com que se torne cúmplice dela, em outros os closes confrontam os personagens de maneira quase esmagadora. Existem momentos de extrema angústia durante o filme e a câmera é posta de maneira que nos força a assistir, genial.

Natalie Portman está perfeita e justifica o seu Globo de Ouro, e dificilmente não levará o Oscar de melhor atriz, destaque também para Mila Kunis que parece ter conseguido dar uma nova guinada em sua carreira depois da série That’70s Show.

A trilha é praticamente perfeita, a junção entre musica clássica e cinema é perfeita, no caso de Cisne Negro, cada musica parece ter sido escolhida a dedo, se encaixando perfeitamente com o roteiro.

Um filme que mostra a busca da perfeição, e como isso pode ser perigoso.

 

Nota: 9,4

 

Posts relacionados >

◊  07-02-2011 – Estréia Cinemas Brasileiros

◊  28-01-2011 – Indicados ao Oscar 2011

◊  23-12-2010 – Trailer


 



Anúncios

Uma resposta

  1. é o filme mais denso que eu já vi, com maquiagem, figurino e fotografia impecáveis!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: