Estréias: Capitão América: O Primeiro Vingador

lancamentos Capitão América: O Primeiro Vingador

As estréias do fim de semana nos cinemas brasileiros:

O Amor Chega Tarde (2007), um velho escritor incorpora um de seus personagens literários, não reconhecendo o que é realidade ou imaginação.

O Casamento do Meu Ex (2010), noiva e sua dama de honra rivalizam pouco antes da realização do casamento, comédia romântica.

O destaque do fim de semana é um dos filmes mais esperados do ano:

Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), o jovem Steve Rogers (Chris Evans) sonha em lutar no exército, porém sua constituição física o impede. Uma nova chance surge quando uma experiencia para se tornar um super-soldado é desenvolvida pelo exército.

Clique no poster e veja o trailer:

 

Anúncios

Estréias: X-Men – Primeira Classe

lancamentos X-Men: Primeira Classe

As estréias do fim de semana no cinema:

Estamos Juntos (2011), drama brasileiro, sobre uma jovem médica (Leandra Leal) que vê sua vida ficando de ponta cabeça após descobrir uma inesperada doença.

Quebrando o Tabú (2011), documentário sobre o fortalecimento do narcotráfico e a violencia. Produção nacional.

Saturno em Oposição (2007), drama europeu sobre um jantar onde serão grandes novidades.

Um Lugar ao Sol (2009), mais uma produção brasileira, documentário que visitou moradores de coberturas das cidades de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. 

O destaque entre as estréias é mais um arrasa quarteirão do verão americano:

X-Men: Primeira Classe (2011), novo filme da franquia que mostra o surgimento dos mutantes para o mundo, além da criação do grupo de heróis conhecidos como X-Men.

Clique aqui e leia a crítica do filme ou no poster abaixo e veja o trailer:

Eleitos 2010: Decepção do Ano

Janeiro já está acabando então, antes que o ano termine, vou começar a postar os filmes eleitos de 2010.

Primeira categoria é A Maior Decepção do Ano.

O conceito usado é simples, entre os filmes lançados no Brasil (dvd e cinema), durante o ano, qual foi o que mais criou expectativa e foi decepcionante?

Então em 2010 o filme mais decepionante foi À Prova de Morte.

O filme foi lançado em 2007 nos cinemas americanos – junto com o ótimo Planeta Terror no projeto Grindhouse – e apenas em 2010 no Brasil, dirigido por Quentin Tarantino a obra traz o ator Kurt Russel (famoso por filmes de ação nos anos 80) como um duble de cinema que nas horas vagas é um serial killer.

Com tudo para ser excelente: direção de Tarantino, um bom ator no papel principal e a possibilidade de muito sangue jorrando da tela,  o filme decepciona e não passa de mediano.

Eleitos 2009 >

◊  Decepção 2009


Estréias 23-Abr-2010

lancamentos Estréias 23-Abr-2010

O esperado filme de Tim Burton faz sua estréia, mas A Estrada também é destaque:

Alice no País das Maravilhas (aventura, 2010)

A Estrada (suspense, 2009)

Sonhos Roubados (drama, 2010)

Mais um filme sobre a periferia do Rio de Janeiro, porém abortando o mundo das jovens mulheres que vivem no local.

Mais que o Máximo (comédia, 2009)

Comédia contando a história de um  frances, obcecado pelo sucesso, que torna a vida de sua família caótica.


Lissi no Reino dos Birutas (animaçao, 2007)

O Abominável Homem das Neves tenta raptar a Princesa Lissi.

Utopia e Barbárie (documentário, 2009)

Juntando grandes episódios da humanidade no século 20 o cineasta Silvio Tendler tenta contar um pouco sobre o caminho do ser humano.

Depois de Ontem e Antes de Amanha (documentário, 2009)

Mostra a vida de moradores de uma pequena cidade de Recife, que possui um dos piores índices de desenvolvimento do estado de Pernambuco.

Cinefilando Crítica: Halloween – O Início

halloween_poster

Halloween – O Início 

(Halloween)

 Ano: 2007

Gênero: terror

Mídia: avi

 Com o lançamento de Halloween 2 no dia 28 de agosto resolveram colocar o primeiro remake do filme nos cinemas (em curta temporada, iniciou em 24 de julho e já saiu de exibição), a minha forma de protestar foi não ir ao cinema, afinal de contas exibir uma produção 2 anos após o lançamento apenas para promover a continuação é no mínimo falta de respeito com os fãs da franquia Halloween.  

O filme é um novo início da franquia, nova onda de hollywood (fez a mesma coisa com Sexta-feira 13), trazendo o surgimento de um dos serial killers mais famosos do cinema : Michael Myers. O interessante é ver como uma infância cercada por uma mãe dançarina, uma irmã vagabunda e um padastro escroto transformou o futuro do pequeno Myers .

Após a passagem da vida do pequeno Myers o que vem a seguir é o mesmo de sempre, a busca pela irmã caçula e sangue para todo o lado.

Não há muitas novidades, o que é bom para manter a tradição da série, porém o começo do pequeno assassino é empolgante, logo o filme se torna um pouco cansativo e previsível mas quando isso ocorre o fim já está próximo.

Acredito que Rob Zombie acertou nesta produção, não realizando apenas um remake e sim renovando a série. Com este novo começo tenho certeza que a franquia terá mais muitos halloweens para atravessar, com muito sangue é claro!

NOTA: 7,0

 

Cinefilando Crítica: Violência Gratuita

violenciagratuita

Violência Gratuita

(Funny Games)

 Ano: 2007

Gênero: drama – violência

Mídia: tv a cabo

 Refilmagem do filme de 1997, sendo alterado apenas os atores e a língua do filme, roteiro, falas e até mesmo as instalações são fiéis ao original.

O filme é tenso do ínicio ao fim, lembrando bastante o excelente Irreversível , uma família feliz vai passar férias em sua bela casa de campo e se deparam com dois jovens educados e extremamente estranhos que logo se mostram violentos e descontrolados.

É impossível não comparar com Laranja Mecânica, principalmente a parte em que Alex e seus “drugs” entram na casa do escritor e barbarizam com a família, Violência Gratuita faz com que essa parte do filme seja estendida, tornando o mote  principal. Mas a comparação mais clara são as roupas dos jovens vilões Peter e Paul, ambos usam branco dos pés a cabeça, alusão clara as vestimentas dos jovens de LM.

Os atores são o destaque do filme, de maneira intensa e dramática, cada cena é imposta ao telespectador de maneira agressiva e forte.

Altamente recomendado para as pessoas que querem fugir dos roteiros convencionais de Hollywood.

Nota: 8,5

Lançamentos: A Garota Ideal

lancamentos

A Garota Ideal

Era pra ser comédia, mas pelo trailer é muito mais do que isso, possívelmente um ensaio sobre a relação humana e a busca pelo par perfeito.

O filme de 2007, estréia neste fim de semana no Brasil, trás a história de um homem que tem um “relacionamento” com uma boneca em tamanho natural e a trata como se fosse real.